Pacote tenta apaziguar caminhoneiros

Valor - 16/04/2019

Após suspender, na semana passada, reajuste no preço do diesel anunciado pela Petrobras, o presidente Jair Bolsonaro convocou para hoje reunião com ministros e técnicos da estatal para conhecer a estrutura de preços e a necessidade de reajustes. Antes do encontro, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, deve anunciar medidas para melhorar as condições gerais do transporte rodoviário, como obras na BR-163 e BR-242, o lançamento do "cartão do caminhoneiro", para compra de diesel a preço subsidiado, e aumento da fiscalização do cumprimento da tabela de fretes.

Ontem, após reunião na Casa Civil, o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, reafirmou que a estatal "é livre" para decidir os reajustes. Nos bastidores, no entanto, auxiliares próximos a Bolsonaro disseram que "sempre haverá algum grau de intervenção nesse assunto".

Fale conosco!

Tem alguma pergunta? nos envie uma mensagem.