Tabela de frete possui 'série de inconsistências', avalia especialista da UFRJ

DOMINGO, 12/08/2018, 10:51

Jornal da CBN - Entrevista

Maurício Lima, mestre em Engenharia de Produção da Coppe-UFRJ e sócio-diretor de uma empresa de logística no Rio, aponta que a lei sancionada pelo presidente Michel Temer não resolve o problema do setor rodoviário. Segundo ele, pelo tabelamento, o motorista é obrigado a rodar mais para pagar menos, o que 'não faz sentido'. Ele destaca ainda que a tabela vigente não considera o tempo para a carga e descarga, porque é baseada nos quilômetros rodados, e isso acaba aumentando o custo de produção.

Fale conosco!

Tem alguma pergunta? nos envie uma mensagem.